Guia de onde ficar e o que fazer em Evora, Portugal

Some of our links are affiliated, we will earn a commission when you buy a service or product. This will have no extra cost for you. For further info please refer to our Privacy Policy

Pessoas andando e procurando o que fazer em Evora Portugal.

Ah, os encantos de Evora…

Portugal é um país de cidades incríveis. Das encantadoras ruas de Lisboa às maravilhosas praias de Portugal, o país é sem dúvida um favorito entre os mochileiros e viajantes de luxo. Mas o charme destas cidades dificilmente se compara ao de Evora, uma cidade antiga repleta de história. Muitos viajantes fazem bate e volta de Lisboa para Evora, mas não se engane, a cidade merece mais que uma tarde. Existem muitas coisas para fazer em Evora e recomendamos que você fique pelo menos um dia e uma noite para curtir o melhor de lá.

Não importa se vai ficar em Evora por alguns dias ou só 24 horas, tem certos pontos turísticos que não dá pra perder. A lista do que fazer em Evora vai desde um templo com 2000 anos de idade a uma capela decorada inteiramente com caveiras e ossos humanos, siga as nossas dicas e aproveite.

 

Lugares para visitar em Evora

 

Templo Romano de Evora.

Fragmentos de um passado majestoso.

  1. Visite o Templo Romano de Evora

O Templo Romano é uma de suas primeiras atrações de Evora que você deve visitar. Esse é um dos templos mais importantes não apenas de Evora, mas em todo o território português. O Templo Romano de Evora tem mais de 2000 anos de idade; foi construído durante o reinado do imperador Augusto, no século I d.C.

Devido a sua rica história, o Templo Romano de Evora é considerado Patrimônio Mundial da UNESCO. No século V ele foi quase destruído pela invasão germânica. Durante o século XIV, o Templo Romano curiosamente serviu de açougue, o que ajudou a prevenir que seu terreno sofresse uma destruição maior.

O que resta do templo hoje é uma mera sombra de sua grandeza original. Mas ainda é pra lá de inspirador ficar diante de um prédio tão antigo e refletir sobre tudo o que ele testemunhou.

 

Ruas históricas sugeridas como coisas para fazer em Evora Portugal.

Pode se perder nessas ruazinhas sem medo de ser feliz 😉

  1. Passeie pelo Centro Histórico de Evora

Caminhar pelas ruas históricas de Evora é uma atração por si só, e pelo caminho você vai encontrar lugares charmosos e históricos.

Na praça principal da cidade há cafés e restaurantes ótimos para aproveitar uma tarde ensolarada. Caminhe em direção às ruas que gradualmente convergem às ruínas romanas e também à Catedral. Nessa área há praças super agradáveis, assim como outras igrejas e pracinhas. Eu recomendo pegar um mapa da cidade para, ao mesmo tempo, se encontrar e se perder pelos caminhos, vendo até onde você consegue chegar.

Ah, e se estiver nessa área de noite, não deixe de dar uma olhada na loja Conserva, que tem uma enorme variedade de peixes enlatados – iguaria em que os portugueses se destacam. A loja iluminada é um espetáculo à parte! Mais um motivo para estender a lista de coisas para fazer em Evora e passar pelo menos uma noite na cidade.

 

  1. Se você é corajoso visite a Capela dos Ossos

O Centro Histórico de Evora abriga muitos pontos turísticos surpreendentes. Um deles é a Capela dos Ossos, uma capela do século XVI com o interior decorado com ossos e caveiras humanas. Se você curte esquisitices e não se assusta facilmente, vai amar essa atração. Mas se prefere passar longe de coisas mórbidas, pode pular essa visita.

É impressionante ver as decorações de perto, mas bate uma bad quando você pára pra pensar de onde veio tudo aquilo. E esse é, de fato, todo o propósito da capela. Ela foi originalmente construída no século XVI a pedido de um frade franciscano. Ele queria passar a mensagem bem clara de que a vida é passageira e a morte espera por todos nós – mensagem recebida!

A Capela dos Ossos faz parte da Igreja de São Francisco, portanto você pode explorar duas atrações de Evora em uma única visita. Não há cobrança se quiser apenas entrar na igreja, mas há uma taxa de 5 euros para visitar o interior da capela.

 

  1. Admire o Aqueduto de Evora

A cidade de Evora é o endereço de um dos maiores projetos arquitetônicos do século XVI na Península Ibérica: o Aqueduto Évora. Seu objetivo inicial era fornecer à população água potável e de boa qualidade, sendo uma das estruturas mais valiosas da cidade. Considerando o clima quente e seco da região do Alentejo, é fácil entender por que o aqueduto teve tanta importância para a vida dessas pessoas.

E é ainda mais fácil compreender por que ele estaria entre uma das primeiras construções a ser destruída durante a Guerra da Restauração, travada entre Portugal e Espanha. Contudo, o aqueduto foi reparado no século XVII e permanece de pé até hoje.

Partes do Aqueduto de Evora ficam dentro das muralhas da cidade, mas os arcos principais estão ao norte do Centro Histórico. É possível ver o aqueduto “do lado de dentro” – a Rua do Cano e a Rua do Salvador são excelentes pontos de observação. E se você for para o anel viário fora da limitação de muros, pode ter uma boa visão dos arcos que ficam para lá do Centro Histórico.

Você pode fazer tudo isso por conta própria se não estiver interessado em se aprofundar na história do aqueduto. Mas se quiser aprender mais sobre sua história e relevância pode contratar uma visita guiada.

 

Muralhas de Evora.

Essas paredes sustentam grandes trechos da história.

  1. Muralhas de Evora

Como já deve ter entendido, o Centro Histórico de Evora é cercado e delimitado pelas muralhas da cidade. É uma das poucas cidades portuguesas que preservam suas muralhas originais em condições quase intocadas.

Partes das muralhas foram construídas em diferentes períodos desde o século III. Seu principal objetivo era a defesa da cidade, e elas são ainda hoje consideradas um mega exemplo de arquitetura militar. Como todas as paredes foram construídas e reconstruídas ao longo de vários séculos, sua variação de estilo é uma constante.

Você pode fazer uma visita guiada às muralhas da cidade, algo que nós recomendamos. O tour te permite fazer muitas perguntas e aprender todos os mistérios escondidos nas paredes. E você terá a chance de fazer registros geniais. Os passeios pelas muralhas geralmente não são muito lotados, o que significa menos gente atrapalhando suas fotos. 

 

  1. Catedral de Evora

Existem muitas igrejas para visitar em Evora, mas nenhuma se compara à Basílica Sé de Nossa Senhora da Assunção. Esta igreja católica romana foi completada no século XVIII, sendo uma das atrações imperdíveis em Evora.

Sua construção original, porém, foi iniciada no século XII, por conta disso você vai perceber diferentes estilos arquitetônicos. Os elementos góticos são os mais proeminentes, principalmente os claustros. A catedral também exibe elementos românicos, barrocos e manuelinos, tudo funcionando em perfeita harmonia. 

A estrutura ainda abriga um museu com monumentos, pinturas e artefatos dos tempos antigos. O cetro do Cardeal-Rei D. Henrique com certeza é interessante de se ver, assim como as pinturas de alguns dos pintores renascentistas mais distintos de Portugal.

Os cenários ao redor da  Catedral de Evora também são destaque. Você pode subir no topo da torre e atravessar o telhado de pedra enquanto aprecia a vista. Com vistas para os campos de Evora ao sul e as colinas verdejantes ao norte, difícil vai ser saber para onde olhar.

 

  1. Vá ao Cromeleque dos Almendres

Nem todas as atrações legais estão no Centro Histórico de Evora. Um dos locais mais antigos encontra-se a meia hora de lá. Se você estiver na cidade por pelo menos um dia, vai ter tempo suficiente para visitar os círculos de pedra Cromeleque dos Almendres e admirar a sua (pré) história.

Este é um complexo megalítico, com estruturas que remontam a mais de 6000 atrás. É o maior complexo sobrevivente do gênero na Península Ibérica, portanto considere incluí-lo na lista se tiver tempo.

Você pode ir por conta ou fazer uma visita guiada. O tour dura três horas e inclui transporte de e para Evora. A vantagem de ter um guia é que você pode encher ele de perguntas e entender um pouco mais sobre esse incrível sítio histórico português.

 

Precisando de mais dicas sobre Portugal? Leia aqui os nossos guias de viagem!

 

Onde ficar em Evora – hotéis e albergues

Com tantas coisas para ver e fazer em Evora, você deveria tentar ficar mais que um dia lá. E depois de horas e horas explorando a cidade sem parar, é um alívio saber que escolheu a hospedagem perfeita para recarregar as energias. Mas como há muitas opções, nós fizemos a lição de casa por você e selecionamos os melhores lugares para ficar em Evora, do luxo ao acessível. Assim todos os viajantes podem ter o local ideal para descansar depois de um dia cheio. Aqui vão algumas das melhores acomodações em Evora:

 

Convento do Espinheiro

Localizado cerca de 3km das principais atrações da cidade, Convento do Espinheiro era um convento de verdade, datado do século XV, que foi restaurado em um luxuoso resort e spa. Tem quase uma centena de quartos elegantes e espaçosos, algumas varandas privadas com vistas deslumbrantes para o campo, uma piscina cercada por árvores, um spa de primeira linha e até um clube infantil. Ele é pet-friendly e tem um excelente restaurante servindo comida regional.

Verifique a disponibilidade e reserve seu quarto no Convento do Espinheiro por aqui!

 

M’AR De AR AQUEDUTO

No passado um palácio, M’AR De AR AQUEDUTO agora é um hotel sofisticado situado junto aos aquedutos de Evora. Além desta vista privilegiada, o hotel possui estrutura de última geração com quartos contemporâneos, uma piscina refrescante, restaurante, adega e um centro de spa. E quase tudo o que há para fazer em Evora está por perto.

Reserve sua estadia no M’AR De AR AQUEDUTO clicando aqui!

 

Vitória Stone Hotel

Esta é uma das principais opções de hospedagem em Evora sem pesar demais no bolso. O Vitória Stone Hotel fica do lado de fora das muralhas da cidade. Assim, quando estiver no terraço ou desfrutando da piscina infinita, vai ter a cidade inteira a seus pés. O hotel é moderno, tem restaurante próprio, dois bares e instalações de spa. Possui vagas de estacionamento gratuitas e pagas.

Clique aqui para reservar um quarto no Vitória Stone Hotel Evora!

 

ZOETIC sustainable rooms

ZOETIC é um bed & breakfast com uma atmosfera autêntica e acolhedora que encanta a todos os seus hóspedes – casais viajantes adoram este lugar. Dispõe de 6 quartos confortáveis, um café da manhã delicioso e natural, um lounge compartilhado e um jardim que te fazem se sentir em casa. Esta pousada ainda fica perto da praça principal e oferece aluguel de bicicletas.

Verifique tarifas aqui e reserve seu quarto no ZOETIC sustainable rooms!

 

Hostel Raymundo

Dono de um conveniente terraço de onde é possível enxergar monumentos ao redor, Raymundo é um albergue charmoso em Evora. O hostel oferece dormitórios limpos e organizados, e um café da manhã continental servido diariamente. Possui uma cozinha compartilhada, wi-fi grátis por toda a propriedade e um caixa eletrônico para facilitar a vida do viajante.

Confira tarifas e reserve sua estadia no Hostel Raymundo aqui!

 

E você sabia que pode alugar uma casa, barco, castelo ou apenas um quarto no Airbnb? Ficou curioso? Cadastre-se no Airbnb através de link e ganhe desconto na sua primeira reserva.

 

Para mais opções de hotéis em Evora, recomendamos que você pesquise e reserve seu quarto utilizando Booking.com, Agoda ou Tripadvisor.

 

Como viajar para Evora e andar por lá

Não importa quando decidir visitar a cidade, temos certeza que você vai curtir muito. Mas vale avisar que o verão é alta temporada, então talvez prefira viajar em maio, setembro ou outubro a fim de evitar as multidões, conseguir os melhores preços e melhores lugares para ficar em Evora. Com isso em mente, vamos descobrir como viajar para Evora.

Se estiver viajando de avião, você deverá voar para o aeroporto de Lisboa, atendido por voos e conexões de todo o mundo. De lá, pode tanto pegar o ônibus ou o trem de Lisboa a Evora; eles são rápidos e circulam diariamente de/para a cidade.

Clique aqui para ver os horários e preços de ônibus e trens de Lisboa para Evora!

Se você está planejando viajar de trem em Portugal ou pela Europa, sugerimos dar uma olhada aqui no Eurail Pass.

Você também pode alugar um carro – o trajeto Lisboa a Evora costuma levar menos de 2h. Nós usamos e recomendamos a Rentalcars para procurar os melhores preços de aluguel de carro em Lisboa/Evora. 

Embora Evora seja um pouco montanhosa, é bem fácil de caminhar a pé, mas se você não alugou um carro e começou a chover, ou apenas não está afim de andar, a cidade dispõe de um serviço de ônibus bem baratinho. Para consultar o site oficial, acesse: www.trevo.com.pt.

 

Já comprou o seu seguro de viagem?

Nós usamos e recomendamos os seguros da World Nomads e SafetyWing! Se está na dúvida, leia nosso super guia sobre seguro viagem.

 

Agora que você sabe tudo o que precisa para viajar a Evora, onde ficar e o que fazer, é hora de comprar as passagens! O que está esperando? Sem dúvida você vai se divertir muito nesta cidade encantada. Conte pra gente nos comentários se já foi para Evora (e do que gostou mais) ou se está planejando sua ida em breve.

 

Amou estas dicas do que fazer em Evora? Salve no Pinterest!!

Dicas de viagem, o que fazer em Evora e onde ficar. Neste guia de viagem você vai encontrar os principais lugares para visitar em Evora, seja para uma viagem de um dia ou uma estadia mais longa. Além de dicas de como se locomover na cidade e como viajar de Lisboa para Evora. #evora #evoraportugal #evoraviagem #evorafotos

 

Sobre o autor:
Mike é viciado em aventura e viagens, então decidiu combinar os dois para formar o TheAdventourist. Lá ele compartilha sua jornada descobrindo diferentes lugares e novos picos de adrenalina. Você também pode encontrá-lo no Facebook.

Post a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *