10 Motivos para viajar para as Montanhas Altai na Sibéria [+ 20 fotos incríveis]

Some of our links are affiliated, we will earn a commission when you buy a service or product. This will have no extra cost for you. For further info please refer to our Privacy Policy

O som do gelo quebrando debaixo dos nossos pés e o vento forte congelando nossos rostos eram surreais. Estávamos caminhando sobre um rio congelado no meio da Sibéria e a adrenalina estava a mil. Foram 4 dias de viagem pelas Montanha de Altai, um pedacinho da Sibéria que nos ensinou muito sobre natureza, pessoas e porque vale a pena viajar para lugares pouco conhecidos na Rússia.

Nós viajamos para a região de Altai, um pedacinho da Sibéria que é famosa pelos lagos, montanhas, esportes de inverno e natureza belíssima. Altai é o destino de viagem perfeito para quem quer conhecer lugares poucos turísticos e se aventurar. Se olhar o mapa da Rússia você vai encontrar a região de Altai na fronteira com Cazaquistão, Mongólia e China.

Durante nossa viagem à Sibéria ficamos em Belokurikha, um cidade charmosa perfeita para para quem gosta de aventura e esportes de inverno. E foi lá que aprendemos muito sobre a Sibéria, características, informações e sentimentos que não se encontra nos tradicionais guias de viagem. Dito isso, vamos ao que interessa, o que nos encantou na Sibéria e porque você deve viajar para as Montanhas de Altai no próximo inverno.

 

10 Motivos para viajar para as Montanhas de Altai no próximo inverno

Se você nunca viajou para Sibéria minha dica é começar sua aventura pelas Montanhas de Altai.

1 – A Sibéria é gigantesca!

A Sibéria é a maior região da Rússia, ocupa uma área total de 13.1 milhões de quilômetros quadrados. No entanto só é possível entender o quão grande e selvagem a Sibéria é quando você está lá, quando sente o vento gelado no rosto, quando observa as estradas sem fim e olha o horizonte congelado. A Sibéria é um lugar que você precisa ver e sentir, um experiência única e impressionante.

 

O povo da Sibéria é muito acolhedor e orgulhoso de suas tradições e cultura.

2 – A natureza é o convite, mas são as pessoas que fazem da Sibéria um lugar incrível

O povo da Sibéria me surpreendeu muito. Não se engane com a cara fechada dos russos, quebre o gelo com uma sorriso e deixe seu coração aberto, dê uma chance ao povo de Altai e você não vai se arrepender. A natureza é o que atrai milhares de viajantes à Sibéria, mas é o povo de lá que vai te ajudar aproveita a viagem ao máximo.

As mulheres de Altai são poderosas e se dedicam para manter a cultura e as tradições do seu povo.

3 – A região de Altai é um lugar de mulheres incríveis

Conheça Anna Beletskaya, a única ferreira da Sibéria. Essa mulher forte e bonita trabalha pesado para manter a reputação internacional de master em forjar metais, fazendo a Região de Altai, a Sibéria e a Rússia orgulhosas do seu trabalho. .

Na Sibéria aprendemos a tocar harpa de judeu que é um instrumento tradicional do Povo Altai.

Também tivemos o prazer de conhecer e cantar com a Aychus, uma mulher de descendência Altai que tem como missão manter as tradições do seu povo. Pela primeira vez ouvi e toquei uma “harpa de judeu”, um tipo de harpa de boca, um instrumento de metal que produz um som hipnotizante. Não é fácil tocar a harpa de boca, mas essa é uma importante parte da história do povo das Montanhas de Altai que precisa ser passada de geração para geração junto com as danças, vestimentas e comida tradicional.

 

4 – As Montanhas de Altai são um paraíso para esportes de inverno

Calce suas botas e encare uma caminhada pela floresta coberta de neve, ou se quiser um pouco mais de adrenaline aventure-se por uma trilha de snowmobile. Prefere esquiar ou fazer snowboard? Em Altai você pode sair esquiando praticamente da porta do seu hotel. Na cidade de Belokurikha levamos menos de 5 minutos para ir do hotel até a estação de esqui, e mais 10 minutos para alugar o equipamento e encarar a montanha.

A Sibéria é um destino perfeito para férias de inverno e nas Montanhas Altai, você pode praticar qualquer tipo de esportes de inverno.

Se você curte aventura não pode deixar de fazer um passeio pelas montanhas e visitar os Lagos Azuis. Coloque no seu roteiro uma caminhada sobre o Rio Katun congelado, um dos maiores rios da região de Altai e também um dos lugares mais bonitos para conhecer na Sibéria. O Rio Katun é famoso pelas corredeiras e água gelada, mas durante o inverno se transforma em uma pista de gelo rodeada por árvores e paredões rochosos.

Dirigir um snowmobile foi uma das nossas atividades favoritas nas Montanhas Altai na Sibéria.

Dica importante, caminhar sobre o rio congelado é muito perigoso, por isso só faça esse passeio se estiver com um guia experiente. Há várias rachaduras e buracos na camada congelada do rio, um passo em falso pode arruinar a sua viagem à Sibéria.

Caminhar pelo rio congelado é outra aventura obrigatória nas montanhas de Altai, na Sibéria.

E não deixe de visitar o vilarejo de Chemal e a ilha de Patmos que fica no meio do Rio Katun e onde se esconde uma igrejinha Ortodoxa que é puro charme. Nesse trecho o Rio Katun é rodeado por paredões de pedra, siga as trilhas que contornam o rio e aprecie a beleza indescritível do lugar.

A ilha de Patmos é mais um motivo para visitar as Montanhas Altai na Sibéria.

 

Pôr do sol na Sibéria é um espetáculo cotidiano. Amamos!

 

5- Altai também é um lugar de cultura riquíssima

O povo de Altai tem tradições antigas e um jeito muito único de viver, desde das casas em forma de tendas até o xamanismo, religião praticada até os dias de hoje. Você pode observar e aprender um pouco sobre a cultura Altai visitando os pequenos vilarejos, comendo nos restaurantes locais, fazendo compras nas lojas de artesanato e visitando alguns lugares sagrados..  

Quando viajar para Altai não esqueça de visitar a Montanha Tserkovka, o passeio de teleférico é muito divertido.

Um dos lugares que você pode visitar é a Montanha Tserkovka famosa pela vista que tem da cidade de Belokurikha e também pelas formações rochosas que simbolizam as crenças do povo Altai. O passeio de teleférico até o topo da Montanha Tserkovka é lindo e também um experiência gelada. O hotel nos deu mantas para nos cobrirmos durante o passeio, e mesmo enrolada da cabeça aos pés eu quase morri congelada na subida e na descida da montanha.

 

6 – Não há ursos andando pelas ruas da Sibéria

Talvez você ficará desapontado, mas você não vai ver nenhum urso andando pelas cidades ou nas montanhas de Altai. Eu sei que o urso é um dos símbolos da Sibéria, mas a região não é tão selvagem quando muita gente imagina e você pode andar tranquilo pelas florestas e montanhas.

Você não verá ursos andando pela floresta, mas a beleza do lugar é indiscutível.

 

7 – O idioma russo é que vai dar trabalho

Você não precisa se preocupar com ursos, mas esteja preparado para encarar dificuldades na comunicação. Se puder aprender um pouco de russo antes da viagem vai ajudar bastante. Palavras básicas como oi, por favor e tudo bem ajudam a quebrar o gelo, colocam um sorriso nos rostos dos moradores e daí pra frente é só usar a mímica e o tradutor do Google

Se puder aprenda algumas palavras em russo, elas vão te ajudar muito durante a viagem na Sibéria.

Mas não entre em pânico, a maioria dos hotéis e empresas de tour tem alguém que fala inglês. A dificuldade maior vai ser quando você sair para se aventurar sozinho, comer nos pequenos restaurantes, fazer compras e usar o transporte público. Vai ser difícil, mas essa é a graça de uma viagem de aventura por lugares poucos turísticos.

Nós gostamos de aprender um pouco do idioma local antes de viajar para um destino onde não se fala Português e nem Inglês. Se você também curte aprender uma nova língua, seja russo ou qualquer outro idioma, pode fazer igual a gente e estudar por conta usando os cursos online da Rosetta Stone.

 

8 – A comida é boa, a cerveja é boa, e você não precisa beber vodka [se não quiser, é claro]

Do delicioso e tradicional pelmeni até os queijos locais, peixe seco e cerveja de mel, a comida nas Montanhas Altai merece uma menção especial no nosso texto. Para ser sinceros, nós estávamos preparados para uma comida pesada e sem graça, mas durante toda a viagem nós comemos muito bem. A culinária da Sibéria é uma delícia e as refeições sempre tinham sopas, peixe com legumes, carne, queijos, salames e bolachas de mel.

A comida nas Montanhas de Altai nos surpreendeu, comemos e bebemos muito bem!

A Rússia é conhecida mundialmente por produzir vodka de qualidade, mas não é que eles também produzem cerveja boa. Nossa degustação de cerveja artesanal aconteceu na Cervejaria Bratchina na cidade de Belokurikha, e gostamos bastante. Na verdade nós não bebemos nenhuma dose de vodka nessa viagem, mantivemos nosso corpo e alma aquecida com a cerveja artesanal e a cerveja de mel produzida pelo cameraman que viajava com a gente. Spasiba [Obrigada], nossa experiência alcoólica na Sibéria não poderia ter sido mais autêntica e forte.

Em Belokuhika visitamos uma cervejaria local para experimentar cerveja e queijo Siberiano.

 

9 – A Sibéria é extremamente fria, mas também faz calor pra caramba

Não é novidade que na Sibéria faz um frio danado, mas o calor também aparece por lá. Se você vai viajar no inverno precisa estar preparado para encarar temperaturas negativas de até -20ºC. Para lidar com o frio extremo nós levamos na mala um par de botas de neves, meias de lã e roupa termal para usar por baixo da jaqueta e calça de neve que alugamos no hotel.

Dentro dos hotéis e restaurantes é super quente, isso sem falar na tradicional sauna siberiana. Se você estiver cansado e precisar relaxar os músculos faça uma sessão de Banya. Na Banya as temperaturas chegam a 50ºC e o “assistente da sauna” usa umas folhas e galhos medicinais para bater no seu corpo, depois você sai correndo da sauna e mergulha na neve. Nem sempre o frio da Sibéria é tão ruim assim.

Esta é a Banya! A tradicional sauna da Sibéria.

Photo by Follow Up Siberia

Mas é durante o verão que o calor aparece de verdade. Durante os meses mais quentes do ano as Montanhas de Altai são o destino de viagem perfeito para quem curte rafting, caminhadas e pescaria. Essa região da Sibéria muda completamente com as estações do ano, oferecendo aos viajantes experiências e belezas naturais únicas e diferentes durante todo o ano.

 

10 – Você vai querer voltar para a Sibéria na suas próximas férias

As Montanhas de Altai são apenas uma pequena parte da Sibéria e o lugar perfeito para quem está viajando pela primeira vez para essa vasta região da Rússia. Eu não tenho dúvida que depois de alguns dias visitando a cidade de Belokurikha, as montanhas e os vilarejos você não vai querer ir embora, ou vai estar contando os dias para a próxima aventura. Foi exatamente isso que acontece com a gente, não vemos a hora de voltar para a Sibéria.

A Sibéria é um lugar mágico, um destino de viagem perfeito para quem gosta de natureza e aventura na neve.

 

Guia Prático para viajar para as Montanhas de Altai na Sibéria

Não vê a hora de arrumar as malas e viajar para Sibéria? Então siga as nossas dicas de como viajar para lá, onde ficar e como se locomover pela região de Altai. Na hora de organizar seu roteiro de viagem não esqueça de deixar uns dias para conhecer a capital Moscou e a linda cidade de São Petersburgo.

Como viajar para à Sibéria?

As Montanhas Altai ficam longe de Moscou e São Petersburgo, os principais aeroportos internacionais da Rússia. Mas há voos diretos saindo diariamente das duas cidades para Barnaul, o aeroporto mais próximo da cidade de Belokurikha. O voo de Moscou para Barnaul dura aproximadamente 4 horas e do aeroporto você vai precisar de uma transfer até Belokurikha ou até a cidade ou hotel que você escolher. 

Encontre aqui os melhores voos de Moscou para Barnaul

Como estávamos viajando em grupo e tínhamos um van nos esperando no aeroporto de Barnaul, a viagem de carro até Belokurikha demorou cerca de 3 horas. Se você não quer se preocupar com transporte converse com o seu hotel e peça para organizarem um motorista ou uma van para te esperar no aeroporto. Outra opção é ir até Belokurikha por conta própria, a cada duas horas sai um ônibus de Barnaul até Belokurikha, confira os horários aqui. Você também pode pegar um trem de Barnaul até Bijsk e de lá um táxi até Belokurikha. Em Barnaul a estação de trem e a de ônibus ficam uma do lado da outra o que facilita na hora de pegar informações e escolher o melhor meio de transporte.

Viajar na região de Altai não é fácil, mas se você contratar um bom guia ou dirigir, a diversão é garantida.

 

Como visitar as montanhas e onde encontrar um bom guia?

Você vai precisar de um carro para explorar a região de Altai e recomendo contratar um motorista, um guia ou um passeio. Dirigir na neve é bem perigoso e as estradas congeladas são um verdadeiro labirinto pela imensidão da Sibéria. Para contratar um guia oficial ou um tour vá até o Centro de Informação Turística que fica no centro de Belokurikha ou peça ajuda na recepção do seu hotel.

 

Em Altai, você pode optar por ficar em Belokuhika em um bom hotel ou passar seus dias no meio das montanhas.

Onde ficar em Belokurikha?

Nós nos hospedamos no  Business-Hotel Rossiya e não me canso de recomendá-los. A equipe é super querida, os quartos são espaçosos, confortáveis e quentinhos, e a comida deliciosa. Do hotel até a estação de esqui são apenas 5 minutos caminhando, e você vai estar no centro da cidade pertinho de restaurantes, lojas e do spa com água termal.

Confira os preços e faça aqui a sua reserva no Business-Hotel Rossiya here

Se você quer passar uns dias na floresta e experimentar o verdadeiro inverno na Sibéria reserve um quarto ou uma cabana no hotel Lesnaya Skazka. O nome do hotel significa Floresta Encantada e essa é a descrição perfeita do lugar. Foi lá que fizemos nossa sessão de Banya, a sauna siberiana e comemos um almoço delicioso.

Faça aqui a sua reserva no Hotel Lesnaya Skazka

Ficou com vontade de viajar para Sibéria? Comece a planejar sua viagem e se prepare para um inverno inesquecível.

PS. Muito obrigado a Nornickel e Follow Up Siberia por organizar está viagem incrível!

 

Curtiu o post? Salve no Pinterest!

Pensando nas próximas férias de inverno? Que tal viajar para a Sibéria na Russia? Aqui vão 10 motivos para você arrumar as malas e viajar para as Montanhas de Altai, na Sibéria. Lagos cristalinos, rios congelados, esportes de inverno, caminhadas na neve e muito mais. Siga as nossas dicas de viagem e descubra as belezas e a cultura da impressionante Sibéria, Rússia.

 

Pensando nas próximas férias de inverno? Que tal viajar para a Sibéria na Russia? Aqui vão 10 motivos para você arrumar as malas e viajar para as Montanhas de Altai, na Sibéria. Lagos cristalinos, rios congelados, esportes de inverno, caminhadas na neve e muito mais. Siga as nossas dicas de viagem e descubra as belezas e a cultura da impressionante Sibéria, Rússia.
#Siberia #Russia #Dicadeviagem #ViagemSiberia

Post a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *