Cicloturismo na Espanha: rotas, dicas e lugares lindos para conhecer

Homen pedalando na Espanha. Ele está na bicicleta em uma rota de cicloturismo nos Pirineus.
Onde tudo começou!

Pedalar é algo mágico. Sentir o vento batendo no rosto e estar rodeado por natureza e paisagens diferentes é uma sensação indescritível. E mesmo quando as pernas já não aguentam mais, é difícil parar. A vontade é de continuar explorando novos lugares e continuar pedalando até o próximo destino.

Viajar de bicicleta dá uma sensação de liberdade imensa. Nós gostamos tanto que já estamos sonhando com o nosso próximo desafio sobre duas rodas. O cicloturismo na Espanha está no nosso radar há muito tempo, e por isso decidimos escrever esse guia, para compartilhar nossas experiências e planos para o futuro.

Viajar de bicicleta é algo novo para nós. Nós fizemos nosso primeiro roteiro de bicicleta há poucos anos atrás, mas posso dizer que é um negócio pra lá de legal e viciante. Tão viciante como viajar para Espanha, um país que adoramos e que desde de 2014 visitamos quase todos os anos. 

Eu perdi a conta de quantas vezes viajamos para a Espanha, conhecemos desde praias e ilhas até vilarejos históricos e cidades grandes. O Rob já fez uma viagem longa de bike pela Espanha, eu nunca. Uma realidade que pretendo mudar assim que possível. 

Passeio de cicloturismo na Espanha. Pessoas pedalando em uma estrada.
Rob e seu grupo pedalando pela Espanha.

A primeira viagem de cicloturismo do Rob foi na Espanha, na região da Catalunha, pedalando dos Pirineus até o litoral da Costa Brava.

Desde então ele nunca mais parou de pedalar pelo mundo e me convenceu a ir com ele. Essa paixão pelo cicloturismo nos levou a pedalar a Costa Leste de Taiwan, conquistar algumas montanhas na região de Alpe Cimbra na Itália, andar de bike sobre um rio congelado na Finlândia e subir até o Mirador Es Colomer na ilha de Maiorca. 

Falando assim até parece que temos muita experiência, mas na verdade temos é paixão por pedalar e viajar. Isso significa que, se nós conseguimos encarar uma viagem de bicicleta pela Espanha, você também consegue. E é por isso que estamos aqui, queremos compartilhar os melhores roteiros do cicloturismo espanhol, o que já fizemos e o que está na nossa lista de viagem. 

Está empolgado em viajar para Espanha de bike? Então prepare-se, coloque o capacete, pegue a garrafinha d’água e esteja pronto para paisagens lindas, cidades charmosas, praias de tirar o fôlego e algumas trilhas, porque uma viagem de bicicleta na Espanha é uma aventura inesquecível.

Cicloturismo na Espanha – O que é e como funciona

A Espanha é um país de ciclistas e para ciclistas. Há várias rotas de cicloturismo ao longo das costas, pelas cidades e montanhas. Não importa sua habilidade e nível técnico, na Espanha há roteiros de ciclismo para todos, dos mais experientes aos novatos. 

Pedalar na Espanha é seguro. Para quem tem medo de dividir as estradas com outros veículos, a dica é viajar pelas Vías Verdes. Elas são antigas rotas de trens onde os trilhos deram espaço a um caminho utilizado apenas por ciclistas, corredores ou caminhantes. São mais de 2.700 quilômetros divididos em 120 rotas, caminhos que vão de 1 a 100 quilômetros de extensão. Se este é o tipo de cicloturismo que você procura, dê uma olhada no site oficial das Vías Verdes, tem muitas dicas e rotas lá. 

Rota de ciclismo na Espanha que é reservada apenas para bicicletas e pedestres.
Na Espanha há rotas de cicloturismo para todos os tipos de ciclistas, amadores a profissionais.

Uma outra opção para viajar de bicicleta na Espanha são os Caminos Naturales, mais de 10.300 quilômetros de estradas calmas que passam por parques, florestas, rios e fazendas. No site dos Caminos Naturales você encontra todas as informações sobre essas ciclopistas e mapas com GPS.

E você já ouviu falar do EuroVelo? Essa é uma rede de estradas, ciclovias e caminhos para ciclistas que cruzam todo o continente europeu, e é claro que passa pela Espanha. Entre os roteiros de ciclismo mais famosos está a EuroVelo 8 que vai de Cádiz na Espanha até Atenas na Grécia.

Em todas essas rotas de cicloturismo, Vias Verdes, Caminos Naturales e EuroVelo, oferecem estradas e caminhos demarcados para você seguir. Mas sua viagem de bicicleta na Espanha pode ir muito além, há inúmeras oportunidades e lugares para pedalar, seja de mountains bike, bike de estrada e até mesmo com bicicleta assistida, também conhecidas como bicicletas elétricas ou e-bikes. Você pode pedalar pela Espanha sozinho ou participar de uma viagem guiada privada ou em grupo.

Há tantos lugares maravilhosos para conhecer na Espanha que mesmo que você faça uma viagem de bike por mês durante um ano, ainda não vai conseguir ver todas as belezas naturais, culturais e históricas do país. E não vamos esquecer da culinária espanhola, o que para muitos viajantes é a melhor parte do cicloturismo na Espanha. 

Uma colagem de fotos de vários pratos típicos da Espanha como paella, creme catalão e outros.
Um pouco da culinária Espanhola que porvamos!

Antes de falar das rotas de cicloturismo espanhol que queremos desbravar, vou compartilhar com você o que já fizemos. Vai que você se empolga e resolve seguir nossos passos, ou melhor, nossas pedaladas. 

Nós já visitamos Madrid, Toledo, Barcelona, Valência, Málaga, Maiorca, Ibiza e pequenas cidades nas regiões de Catalunha e Andaluzia. Mas até o momento só fizemos três viagens de bicicleta, abaixo estão todos os detalhes.

Viagem de bicicleta na Espanha – O que fizemos

Nosso primeiro passeio de bicicleta na Espanha foi em 2015 quando eu e o Rob decidimos explorar lados diferentes da região da Catalunha. Ele foi para uma viagem de bicicleta de 3 dias que começou na cidade de San Joan de les Abadesses. Essa cidade foi criada lá no século 4 e tem um monastério belíssimo. Depois de descer as montanhas dos Pirineus, o Rob ainda pedalou por um castelo e um parque natural, terminando a viagem na cidade de Llança, no litoral da Costa Brava. Sem dúvida uma experiência de tirar o fôlego. 

Todos os detalhes dessa viagem de bicicleta na Catalunha estão aqui, só clicar para ler.

Homem pedalando na Espanha em uma estrada asfaltada e com verdes ao redor.
Dos Pirineus a Costa Brava, essa foi a rota de bicicleta do Rob!

Enquanto estávamos separados, eu também tive o meu primeiro gostinho de pedalar na Espanha. Meu roteiro tinha como objetivo descobrir o que fazer na região de Barcelona, e entre tirolesas, degustação de vinhos, passeios de segway e voos de balão, eu tive a oportunidade de pedalar no Parque Natural Montseny. 

Esses passeios de bike foram o suficiente para dar aquele gostinho de quero mais, e foi assim que descobrimos o cicloturismo e o bikepacking. Então faz todo o sentido que um dos nossos sonhos de viagem seja voltar à Espanha para umas férias de bicicleta. 

E teve mais, nós também pedalamos em Maiorca, uma das ilhas Baleáricas. Nós viajamos para Maiorca para curtir as belezas naturais e para entrar em forma. Fomos participar de um bootcamp em Maiorca, uma espécie de viagem fitness. E entre um treinamento e outro saímos para pedalar pela costa, perto de Puerto Pollensa e as cidades de Pollensa e Alcudia.

Colagem de fotos de uma mulher pedalando em Maiorca e uma casal no topo de um mirante.
O visual do topo do Mirador d’es Colomer valeu todo o suor e cansaço.

Num dia fomos até o Mirador d’es Colomer, que fica a 300 metros acima do nível do mar. Esse deslumbrante mirante fica em um dos picos da Serra de Tramuntana, o que significa que enfrentamos subidas e curvas fechadas. O bom é que o visual me fez esquecer as dores nas pernas e o cansaço. 

Essa pequena amostra de pedalar em Maiorca despertou um novo desejo, voltar à ilha para percorrer a Serra de Tramuntana de bicicleta, mas daí com bikes apropriadas e por vários dias. 

Rotas de Cicloturismo na Espanha – Viagens de bicicleta que queremos fazer

Enquanto pesquisamos sobre os roteiros de ciclismo na Espanha encontramos várias rotas inspiradoras e desafiadoras. Nós gostaríamos pedalar todas elas, mas se conseguirmos fazer apenas uma ou duas eu já estou realizada.

Foto de Puerto Pollensa em Maiorca. É possível ver o mar e as montanhas no fundo.
Maiorca, onde o oceano e as montanhas se encontram.

Cruzar a Serra de Tramuntana

Vamos começar nossa lista de rotas de cicloturismo na Espanha com um trajeto já conhecido. Tivemos uma breve experiência de pedalar em Maiorca, e fizemos muitas caminhada na Serra de Tramuntana. Agora queremos voltar e encarar esse desafio de bicicleta, conquistar as subidas íngremes e icônicas daquela serra. 

Na Serra de Tramuntana você pode pedalar o quanto que quiser e puder, entretanto, descobrimos que uma viagem de 5 a 6 dias é suficiente para ver e fazer muitas coisas. Essas rotas de ciclismo na Serra de Tramuntana oferecem vistas incríveis, passando pela costa até pequenas vilas e plantações de olivas.

Colagem de fotos de uma praia no parque natural de Cabo de Gata e uma foto de dois ciclistas pedalando na região de Andaluzia.
Cabo de Gata é uma paraíso que você vai encontrar na rota TransAndalus.

Pedalar a TransAndalus

Essa é a  rota ciclística perfeita para quem ama natureza, história e sonha em conhecer o sul da Espanha. 

A TransAndalus é uma rota de cicloturismo de 2.000 quilômetros que cobre toda a região da Andaluzia. É um roteiro circular que passa por 8 províncias e suas maravilhas naturais, como o parque Natural de Cabo de Gata, que já visitamos e amamos. Leia nosso guia de Cabo de Gatas aqui.

Essa rota não é apenas repleta de belezas naturais. No trajeto é possível fazer paradas em cidades como Málaga, Granada, Sevilha e Córdoba, que têm muita história e cultura, e são lugares ótimos para provar a culinária de Andaluzia. 

Nós levaríamos semanas ou até meses para completar essa aventura em duas rodas. Não tenho certeza se conseguiríamos fazer todo o trajeto, mas pedalar apenas uma parte já seria a realização de um sonho. 

Você encontra todas as informações sobre viajar de bicicleta na Andaluzia no site da TransAndalus.

Seguir os passos de Dom Quixote

Se você gosta de literatura, ou quer ter umas férias digna de cinema, pegue sua bike e siga os passos de Dom Quixote de La Mancha. Uma oportunidade única de ver belíssimas paisagens espanholas que foram eternizadas pelo escritor Miguel de Cervantes.

Essa não é aquela viagem de bicicleta tradicional, já que a rota cobre mais de 2.000 quilômetros e passa por 148 cidades e 5 províncias da região de Castilla-La Mancha. O nível de dificuldade é desafiador, o que significa que se algum dia formos encarar essa trip vamos ter que nos preparar para ela. 

Enquanto pesquisava sobre este roteiro de cicloturismo descobri que ele passa por cidades históricas como Toledo, a antiga capital da Espanha, 12 reservas naturais, seis parques naturais e muitos moinhos de vento. O significa que no caminho há muita beleza natural e lugares que serviram de cenário para Dom Quixote.   

Foto aérea de uma estrada na Espanha.
Um lugar perfeito para pedalar, não acha?

Camino de Santiago – St. James Way de bicicleta

Todos nós já ouvimos falar do Camino de Santiago, em português Caminho de Santiago. Alguns viajantes encaram esta rota de peregrinação de Portugal até Santiago de Compostela, e outros saem da fronteira entre Espanha e França. Esta rota noroeste que cobre uma distância de 800 quilômetros é exatamente o caminho que queremos fazer. 

A maioria dos viajantes percorre o Camino de Santiago a pé, nós queremos fazer em duas rodas. Não será uma viagem fácil, mas com certeza será muito gratificante. Não apenas pela riqueza histórica e religiosa, mas pela beleza natural e pela oportunidade de encontrar outros viajantes e ciclistas. 

É possível pedalar o St. James Way no seu próprio ritmo, mas se você quiser ganhar o certificado de Compostela deverá percorrer no mínimo 200 quilômetros da rota oficial. E não esqueça de pegar os carimbos quando passar pelas etapas. 

Comparada às outras rotas que mencionamos antes, essa é mais estruturada e oferece muitos serviços aos viajantes. O Camino é famoso por ter vários albergues, hospedagens locais e restaurantes prontos para receber os peregrinos que vêm de todo o mundo.

Dois ciclistas pedalando em frente a uma praia em Maiorca na Espanha.
Ciclistas em ação!

Guia para pedalar na Espanha – Dicas e como planejar sua viagem de bicicleta

Agora que você já conhece as melhores rotas de cicloturismo na Espanha, vamos para a parte prática desse guia. Abaixo estão dicas essenciais para você planejar uma viagem de bicicleta pela Espanha. 

Qualquer viagem de cicloturismo na Europa precisa ser planejada com antecedência e cuidado. As três primeiras coisas que você precisa levar em consideração são sua capacidade física, sua experiência como ciclista (estas duas podem ser aperfeiçoadas antes da viagem), e onde você quer pedalar na Espanha. 

Depois de definir estes três tópicos você está pronto para começar a fase de planejamento. E daí é só seguir o passo-a-passo abaixo. 

Qual é a melhor época para pedalar na Espanha?

Quando pedalar na Espanha está diretamente ligado ao lugar em que você quer conhecer. A Espanha é um país grande, e o clima varia bastante de uma região para a outra. Em geral, é recomendado evitar os meses de verão (julho e agosto) onde as temperaturas passam facilmente dos 35ºC. 

Se sua viagem for durante o inverno (dezembro a março) não esqueça de comprar roupas adequadas para o frio e planejar paradas frequentes.

Primavera e outono são as melhores épocas para o cicloturismo na Espanha. Pesquise e acompanhe a previsão do tempo das regiões que pretende conhecer para se possível evitar as chuvas.

Bicicletas paradas na lateral de uma estrada.
Não tem bicicleta? Não tem problema, nós também viajamos sem bike.

É preciso ter bicicleta e equipamento? 

Nós temos viajado e pedalado pelo mundo sem ter nenhuma bicicleta com a gente. Eu digo isto para que você saiba que não é necessário ter ou comprar uma mountain bike, bicicleta de estrada ou de passeio para fazer cicloturismo na Espanha ou em qualquer outro país da Europa. 

Há várias empresas especializadas em viagens de bicicleta internacional e também vários operadores turísticos locais que oferecem bicicletas, capacetes, GPS, equipamentos de segurança e guias experientes. Você só precisa trazer roupas (de preferência confortáveis para pedalar) e muita força nas pernas. 

Se você tem sua própria bike, pode traze-la com você. Só tenha em mente que é preciso embalar adequadamente para transportar no voo e nos trens espanhóis, 

Ao alugar uma bicicleta na Espanha, a empresa vai te oferecer todo o equipamento necessário para a viagem. Se você trouxer sua própria bike não esqueça os acessórios, equipamento para reparos, luzes e outras itens essenciais. 

A regra de trânsito espanhola diz que todo ciclista deve usar roupa reflexiva a noite e em túneis. E as luzes dianteira e traseira devem ser fortes o suficiente para serem vistas a 50 metros de distância.

Foto de uma grupo de ciclistas que fizeram um passeio de bicicleta na Espanha.
O grupo do Rob, um bando de corajosos que pedalaram dos Pirineus até a região de Costa Brava na Espanha.

Pedalar sozinho ou encarar uma viagem em grupo?

Nós adoramos passeios e tours de mountain bike e bike de estrada. É muito legal ter mais pessoas para compartilhar as aventuras e conquistas, e também porque nos passeios a empresa organiza quase tudo para você. Há várias empresas oferecendo passeios de bicicleta na Espanha, desde tours por algumas horas até viagens de vários dias, algumas você vai sem guia e outras são guiadas. 

Para pedalar na Catalunha, o Rob usou as bicicletas e o serviço de guia da empresa Centre Logistic de Bicicletes. Para passeios de um dia dê uma olhada no site da GetYourGuide, eles oferecem vários passeios de bicicleta em diferentes cidades espanholas. No site deles eu encontrei uma viagem de bicicleta na ilha de Tenerife que parece ser fantástica.

Seguro Viagem é essencial!

Um bom seguro de viagem internacional é tão importante quanto uma bike. Nós já usamos 3 seguros viagem que gostamos e recomendamos. Eles têm coberturas diferentes, mas os três oferecem um bom custo benefício e bom atendimento ao cliente. Todas as vezes que precisamos utilizar o seguro, correu tudo bem e nossa saúde e segurança foram prioridades. 

Dê uma olhada nas coberturas da Word Nomad, SafetyWing e HeyMondo. Se tiver dúvidas em qual escolher leia nosso guia sobre seguro viagem internacional.

Outra dica é visitar o site da Federação de Ciclismo da Espanha para saber mais sobre as regras de trânsito e como pedalar em segurança na Espanha,

Há vários hotéis na Espanha que hospedam ciclistas. Este da foto foi o que o Rob ficou durante o passeio de bicicleta.
Um lugar confortável para você e a magrela.

Como encontrar hospedagem na Espanha para ciclistas?

Uma boa noite de sono é essencial em qualquer viagem de bicicleta, e na Espanha você vai descansar tranquilo. Todas as rotas de cicloturismo mencionadas neste guia têm hotéis que são bike-friendly, o que significa que eles estão preparados para receber você e sua bicicleta. Alguns deles podem até não colocar essa informação no site de reservas, mas com certeza vão ter um lugar seguro para você guardar sua bike e equipamentos. 

A dica é, depois de escolher sua rota e em quais cidades pretende dormir, pesquise os hotéis através do sites Booking.com ou Agoda. Escolha o lugar onde quer ficar e mande uma mensagem para o hotel através do site de reserva perguntando se eles podem acomodar você, sua bicicleta e equipamentos. Assim você já deixa tudo organizado antes da viagem e não tem nenhuma surpresa na hora de fazer o check-in no hotel.

Leia nosso Guia de Hospedagem para mais dicas de como escolher o hotel perfeito para qualquer viagem. 

Como viajar para Espanha?

Chegar à Espanha é a parte mais fácil das suas férias de cicloturismo (talvez não a mais barata..rsrs). O país está conectado com o mundo através de vários aeroportos, portos, estações de trem e ônibus. Dependendo de onde você vem e para onde vai, voar é a opção mais fácil, rápida e até barata. Para encontrar as melhores passagens para Espanha use os sites Skyscanner ou Kiwi.com.

Para viagens de trem ou ônibus eu recomendo usar o site OMIO. Ele dá todas as opções de transporte, daí é fácil comprar o preço, duração, horário de partida e chegada, e escolher a passagem que se encaixa no seu orçamento e roteiro.

É isso pessoal! Espero que nosso guia de cicloturismo na Espanha tenha te inspirado a planejar uma viagem de bicicleta na Espanha, na Europa ou em qualquer outro lugar do mundo. Se você tiver qualquer dúvida ou comentário deixe uma mensagem abaixo. 

Curtiu esse guia para viajar de bicicleta na Espanha? Salve no Pinterest!!

Viajar de bicicleta na Espanha é uma mistura de adrenalina, belezas naturais, comida boa, história e diversão. Se você sonha em descobrir a Espanha sobre duas rodas, esse guia tem tudo que você precisa saber. Desde rotas belíssimas até dicas de viagem e como organizar uma viagem de cicloturismo na Espanha.

Esse artigo faz parte da campanha #SpainOnMyMind, uma parceria entre o Iambassador, o Escritório de Turismo da Espanha and Love and Road.

4 comentários em “Cicloturismo na Espanha: rotas, dicas e lugares lindos para conhecer”

  1. Eu já fiz o caminho de Santiago de Bike. Fizemos o Português pela costa. Gostei muito deste post! Parabéns! Também adoro viajar de bike!

    Responder
  2. Nossa!!! Maravilhoso. Torcendo para que tudo volte ao normal e poder fazer ao menos uma parte de tudo isso que vocês fizeram.

    Responder

Deixe um comentário