Comida Marroquina – Um banquete de sabores

Moroccan food 1

Atualizado em junho/2021: O Marrocos volta a receber viajantes internacionais a partir do dia 15 de junho de 2021. Há uma lista de países que estão autorizados a visitar o Marrocos neste primeiro momento e vários protocolos de segurança a seguir antes e durante a viagem. Todos os detalhes sobre quem pode e como viajar para o Marrocos estão no site oficial, clique aqui para ler.

A cozinha marroquina é famosa pelo Tagine e pelo Cuscuz. Com certeza essas duas receitas são deliciosas, entretanto a comida marroquina é muito, muito mais. É um verdadeiro banquete de sabores.

Eu amo comer, fato! Só que as vezes eu sou meio enjoada, principalmente com carnes. Além disso, tenho algumas alergias que teimam em atrapalhar minha vida gastronômica. Mas no Marrocos eu estava no paraíso. Tantas receitas saborosas: cuscuz, tagine, sopas, especiarias e sabores inesquecíveis. Para mim a comida marroquina foi um verdadeiro banquete!

O estômago do Rob também andava feliz. Ele sempre gostou de carne de cordeiro e na viagem provou várias receitas marroquinas com carne de ovelha e temperos especiais. O prato favorito foi: Shish Kebab de Cordeiro (o famoso e delicioso espetinho).Moroccan food 2

Se você se hospedar em uma Riad o café da manhã vai ser simples e gostoso. Esqueça aqueles bufet de café continental, na cozinha marroquina você vai comer panquecas feitas na hora, pão, geleia caseira de damasco, manteiga e chá. Hummmmm…..

Agora se você é viciado em café como a gente pode ficar despontado! Esse é o único ponto fraco da cozinha marroquina, o café é ruinzinho. Por outro lado, existem tantos chás deliciosos que compensam deixar a cafeína de lado.

Prove os chás comendo um “gateau au miel”, doce típico do Marrocos… Seja como sobremesa, lanche da tarde, ou quando precisar de energia, essa massinha com mel vai bem em qualquer hora.Moroccan food 3

Agora é hora de falar da minha comida favorita: o Cuscuz!

Antes de começar a descrever essa tradicional receita marroquina, um breve comentário:

“Estou escrevendo esse post às 19hs, já tomei um xícara de café com bolacha. E mesmo assim minha boca já está salivando de fome só em pensar no cuscuz marroquino… Eu me apaixonei por esse prato!! Nunca, nunquinha mesmo eu tinha provado um cuscuz tão saboroso.” Dito isso, vamos voltar a matéria.

Provavelmente você já experimentou cuscuz, no Brasil geralmente é feito com farinha de milho ou mandioca, mas na cozinha marroquina é usado a sêmola de trigo. É um grão amarelo que cozinha na água quente e vapor, super fácil, super rápido e no Marrocos super delicioso.

Nós comemos em vários restaurantes e barracas espalhadas pelas cidades. Depois de 20 dias de viagem a receita marroquina vencedora foi o Cuscuz de Vegetais que saboreamos na barraca nº26 na Praça Jemaa El-Fna. A comida que eles serviram foi um dos destaques da nossa estadia em Marrakech.

O cuscuz era tão gostoso que nós jantamos no mesmo lugar quase todas as noites. E como fregueses assíduos nosso chá virou brinde da casa e ganhamos o direito de tirar uma foto com o pessoal do restaurante.

Tagine!! (é isso que o fotografo diz na hora de tirar uma foto em Marrakech. Deixa o “Sorria” de lado e fala “tagine”. Muito mais apropriado e divertido). 🙂Moroccan food 4

Porque o cuscuz desse lugar é tão especial??

Hummmm. Os ingredientes que eu consegui identificar são: gengibre, canela, pimenta, cebola, alho, cenoura, abobrinha, uvas, passas, ameixa e um tipo de batata doce. A mistura do salgado que vem do cuscuz e dos vegetais com o adocicado das frutas é incrível. O aroma é inebriante.

Se você precisa de proteína pode pedir o cuscuz com frango, carne bovina ou cordeiro. Geralmente a carne é cozida com os vegetais e temperos. Eu provei o de frango, e o Rob o de cordeiro, mas mesmo assim votamos no Cuscuz Vegetariano com nossa comida marroquina favorita.Moroccan food 5

Por mais que eu tenha me apaixonado pelo cuscuz, ele não é a comida marroquina mais famosa. O prato tradicional e turístico do Marrocos é o Tagine!

É uma mistura de verduras e carne cozida com temperos e especiarias. Tudo junto em pote de cerâmica especial. Tagine é o nome do prato e também do pote utilizado para cozinhar. Cada restaurante faz a sua própria receita e se você viajar pelo Marrocos vai encontrar diferentes tagines em cada região. Vale a pena experimentar todos!moroccan food 6

Mas a comida marroquina não é apenas tagine e cuscuz. Eles têm uma pasta de tomate e temperos que se come com pão como entrada que é maravilhosa. Saladas, verduras grelhadas, arroz, peixe e frutos do mar fritos, sopas e kebabs. Carne, cordeiro, frango, vegetais, tudo no espeto e assado. O Rob provou todos.

Harira é o nome da sopa tradicional e não pode ficar de fora do seu roteiro gastronômico. Na Praça Jemaa El-Fna tem várias barracas que só vendem sopa. Confie no seu nariz e siga o cheiro da lentilha, grão de bico, salsinha, especiarias e muita pimenta! Quando pedir sua cumbuca de sopa preste atenção na cutelaria. Na maioria das vezes as colheres são de madeira entalhada, um charme da cozinha marroquina.Moroccan food 7

Se essa variedade de comidas ainda não for suficiente para você, que tal provar caracóis? Eles vendem aos montes por lá! Como falei, sou um pouco enjoada com comida e os caracóis não me apetecem nenhum pouco.

A lista de comida marroquina é enorme. Nós poderíamos ficar horas falando… Você ficaria de saco cheio e eu morta de fome. Então antes de eu terminar vou escrever só um pouquinho sobre Comida X Higiene.

Muitos viajantes se preocupam com infecção alimentar no Marrocos, e claro que nós também. Tenha em mente que para garantir higiene e segurança o melhor é comer apenas o que é cozido ou assado, descascado, ou que você possa levar para a Riad e lavar bem.

Essa estratégia funcionou perfeitamente com a gente! Nos 20 dias de viagem pelo Marrocos (cidades grande e algumas vilas) nenhum de nós ficou com dor de estômago ou diarreia. Nós comemos comida de rua, chás, sucos de laranja e pratos diferentes.

Na maioria das vezes nós comemos em restaurantes locais, cheios de clientes marroquinos. Por causa do movimento a possibilidade da comida ficar parada e estragar é menor. E é junto com as pessoas locais que você tem a oportunidade de experimentar a verdadeira comida marroquina: um banquete de sabores.
Moroccan food 8 

Só mais uma dica: beba apenas água mineral, e quando comprar verifique se está bem lacrada. 😉

Boa viagem e Bom apetite!

16 comentários em “Comida Marroquina – Um banquete de sabores”

Deixe um comentário