Quanto custa viajar para a Suíça: dicas de preços e como economizar

 

 Descubra neste guia quanto custa viajar para a Suíça, para que você possa se divertir nos Alpes sem torrar todo seu orçamento.
Um sonho… que pode se tornar realidade 🙏

 

A Suíça é um daqueles destinos com que as pessoas costumam sonhar, mas tem receio de visitar por ser muito caro. E, morando aqui há mais de 15 anos, devo dizer que as pessoas não estão erradas. O país tem um dos custos de vida mais altos da Europa e do mundo e, é claro, o custo para viajar para a Suíça não fica por menos. Por isso resolvi escrever esse post respondendo a famosa pergunta: quanto custa viajar para a Suíça?

Primeiro quero dizer que existem muitas maneiras de visitar a Suíça com um orçamento apertado ou pelo menos sem gastar uma fortuna. Neste post, além de informar os preços de acomodações, atrações e transporte, eu vou ensinar você a economizar de forma prática. Desde poupar nos sempre pontuais trens suíços, até encontrar os lugares mais baratos e com melhor localização para se hospedar. Se você sempre quis visitar, mas não tinha certeza de quanto custa viajar para a Suíça ou como organizar seu orçamento para essa aventura alpina, este guia é pra você.

 

Voar para a Suíça é caro, mas existem maneiras de economizar em transporte comprando o Swiss Travel Pass.
Asas pra que te quero!

Quanto se gasta na Suíça com transporte?

Neste capítulo detalharei os custos médios de transporte na Suíça em seções, para que você possa ver as opções disponíveis e ter ideia dos valores.

– Preços de passagens para a Suíça:

A Suíça não é o destino mais barato da Europa, e por isso não recebe tantos voos quanto, por exemplo, Espanha ou Itália. Há voos direto do Brasil para Zurique, mas se o preço for muito salgado vale a pena voar para outro destino e depois se ir para Suíça de ônibus ou trem.

Empresas como RyanAir e EasyJet voam pra cá, mas geralmente aterrissam apenas em aeroportos mais distantes, como Basileia, em vez de Zurique. Dependendo da onde você estiver vindo, pode optar por companhias aéreas econômicas. Se for da Alemanha, a companhia Eurowings pode ajudar a manter o custo da sua viagem à Suíça lá embaixo. 

Encontre e reserve os voos mais baratos para a Suíça aqui!

Em termos de quanto custa viajar para a Suíça em números, descobri que você consegue voar de destinos Europeus por US$ 50 a 300 a passagem de ida. No entanto, quanto mais longe você estiver, menos opções de voos há e mais caro costuma ser.

 

O jeito mais barato de viajar de trem na Suíça é usar passes como o Eurail Pass e o Swiss Travel Pass - que também é válido para transporte público.
Transporte público de primeira é aqui.

– Transporte público e o preço dos trens na Suíça:

É aqui que ocorre toda a ação na Suíça. Por quê? Porque a Suíça possui um dos melhores, mais densos e eficientes sistemas de transporte público do mundo. E como visitante da Suíça, você deve aproveitar essa rede. E quando digo rede, lembre-se de que isso significa trem, ônibus, barco e até algumas gôndolas. O único desafio é, como em tudo aqui, os preços.

 

A melhor maneira de economizar nos trens Suíços é ter o Swiss Travel Pass. Ele vem em duas modalidades principais: padrão/standard, que oferece um número X de dias consecutivos de viagem (3, 4, 8 ou 15) e o Swiss Travel Pass Flex. O segundo passe eu recomendo para a maioria das pessoas, especialmente se você parar em um destino específico por alguns dias. O Swiss Travel Pass Flex oferece o mesmo número de dias, mas você só os utiliza quando precisar, dentro de um mês. Dessa forma, você usa o passe quando percorre longas distâncias e compra passagem normal pelo transporte local.

Esses passes também oferece outros benefícios que podem ajudar a reduzir o custo da sua viagem na Suíça, como: entrada gratuita em mais de 500 museus e descontos em uma variedade de atrações especiais (e caras) como a Jungfraujoch. Os preços atuais do Swiss Travel Pass Flex são: 3 dias – 267 francos suíços, 4 dias – 323 francos suíços, 8 dias – 514 francos suíços, e 15 dias – 563 francos suíços.

Outra opção para economizar nas suas férias na Suíça é comprar passagens com antecedência, principalmente as de longa distância. O site da Swiss Rail tem preços com descontos (os chamados de Super Saver) quando você compra a passagem com antecedência e fora dos horários de pico. Não tem dia certo para comprar e conseguir o desconto, portanto, se quiser comprar suas passagens e economizar, fique de olho no site.

Quer viajar de trem pela Europa e Suíça? Leia nossa avaliação do Eurail Global Pass, esse passe pode ser uma boa opção para você.

– Custos de táxi e Uber na Suíça:

Sinceramente, com um sistema de transporte público tão eficiente, eu raramente uso táxi ou Uber. Mesmo saindo do aeroporto, pegar um dos trens não é nenhum mistério. Eles saem de dentro do aeroporto e levam você para a cidade em questão de minutos (isso em Zurique e Genebra).

A menos que você saia tarde da noite, e considerando que os trens circulam nos fins de semana, há pouca ou nenhuma razão para usar táxi, que é bem carinho. Mas se por alguma razão você precisar, prefira o Uber aos táxis, que na minha experiência é quase sempre mais barato. Exemplos de valores em Zurique seriam: US$ 15 para uma viagem  curta no centro de Zurique; US$ 35 para o aeroporto saindo do centro da cidade.

 

– Custos para viajar de carro na Suíça:

Pessoalmente, eu não recomendaria alugar um carro na Suíça por vários motivos.

Primeiro, alugar um carro na Suíça é caro e raramente se compara ao custo do Swiss Travel Pass. Uma exceção é quando houver 4 adultos, mas para a maioria das viagens, isso é improvável. Se você dar uma olhada nos preços, recomendo a Auto Europe como um bom site que compila ofertas da maioria das empresas de aluguel de carros. Parece que duas semanas em Zurique custarão pelo menos 500 francos suíços. E depois há seguro, combustível, etc.

Segundo, dirigir pelas cidades da Suíça, como na maioria dos outros países europeus, é uma dor de cabeça na certa! É caro e difícil de achar uma vaga na rua e quase não se encontram estacionamentos. O tráfego fica intenso na hora do rush e é super fácil se perder. Quando comparado ao trem, que chega bem no centro de uma cidade ou vila, simplesmente não vale a pena.

Ônibus é uma opção para longas distâncias, se você deseja economizar nas tarifas de trem, mas não é muito comum na Suíça. No entanto, recentemente uma empresa chamada FlixBus da Alemanha está agitando o mercado rodoviário com preços mais acessíveis. Dê uma olhada se você vai viajar pela Suíça com orçamento limitado.

Outra opção para reduzir suas despesas de transporte na Suíça é usar aplicativos de carona, como o BlaBlaCar, que costuma ser uma maneira muito barata de se deslocar de cidade em cidade. Pode custar apenas US$ 20 de Zurique a Genebra – uma viagem de 4 horas, que de outras formas normalmente custa US$ 80 ou mais.

 

As atrações podem adicionar muito aos seus custos de viagem na Suíça, mas com o Swiss Travel Pass você pode obter descontos na cidade e principais atrações da Suíça.
Aquela pausa entre uma atração e outra.

Quanto custa hospedagem Suíça?

Sim, os preços altos continuam, a Suíça é cara, sobretudo quando o assunto é acomodação. Mas existem algumas formas de economizar em hotéis e fazer que seu dinheiro renda ou dure mais.

– Preços dos hotéis na Suíça:

Procurando lugares baratos para ficar na Suíça? Reservar um hotel que esteja fora da cidade, ou pelo menos a uma certa distância do centro. E com o incrível transporte público oferecido aqui, não é um problema pegar um trem ou bonde por 15 minutos para chegar à cidade.

Em algumas regiões, como a de Genebra, também há a opção de ficar em outra cidade próxima e mais barata. Lausanne é uma ótima opção, assim como Montreux ou Vevey.

Aqui está uma lista de hotéis para se hospedar na Suíça, de acomodações econômicas a resorts de luxo. Você escolhe o que melhor se adapta aos seus planos e conta bancária.

Hotéis em Zurique    Hotéis em Geneva

Hotéis em Lausanne    Hotéis em Zermatt

Precisa reduzir os custos de sua viagem à Suíça ainda mais? Quel tal compartilhar uma apartamento e cozinhar suas próprias refeições? Essa é uma ótima maneira de economizar. Em média, não espere encontrar uma acomodação razoável em uma cidade suíça por menos de US$ 150 a noite. E pelo que vi em lugares como Genebra, o preço dos hotéis pode ser ainda mais alto, principalmente se escolher ficar no centro. A média em lugares como Zurique tende a aumentar ainda mais, como US$ 200 ou mais. Diante desses preços vale a pena dar uma olhada em sites como o Airbnb e dividir um apartamento.

– Preços do Airbnb na Suíça:

O pessoal na Suíça demorou a aderir, mas agora você encontra no Airbnb lugares com preços acessíveis.  Inclusive opções em locais decentes, perto do centro da cidade. Eu vi alguns estúdios bem legais, a uma parada de trem do centro da cidade por cerca de 70 francos suíços a noite. O que é bastante razoável, especialmente para duas pessoas.

Encontre o Airbnb perfeito na Suíça clicando aqui! Faça seu cadastro através deste link e ganhe 25% de desconto na sua primeira reserva!

Claro, se você estiver viajando pela Suíça com um orçamento mega apertado, talvez deva ir a um albergue e dividir um quarto com outras pessoas.

– Quanto custa se hospedar em um albergue na Suíça:

Ok, até os albergues na Suíça são caros, e é por isso que o Airbnb é uma boa pedida. A menos que você esteja viajando sozinho. Nesse caso você pode querer algo ainda mais em conta, ou talvez seu foco seja conhecer outros viajantes que estão na área.

Pelo que vi por aqui, quartos compartilhados em um hostel tendem a custar entre 30 a 45 francos suíços por noite. Eles também oferecem quartos privados razoáveis por aproximadamente o dobro disso, o que pode ser uma opção de acomodação econômica para casais.

Se você quer gastar menos de 100 francos por noite, dê uma olhada nessas acomodações via Airbnb que eu encontrei em Zurique, podem ser uma boa pedida pra você.

 

Acomodação na Suíça custa caro; dentre as opções mais acessíveis estão apartamentos pelo Airbnb e cabanas na montanha.
Já pensou você e seus amigos em uma cabana na montanha?!

– Preços das cabanas nas montanhas da Suíça:

Esta é apenas uma menção rápida, mas se você é um grande alpinista e gosta de fazer trilhas a Suíça é o paraíso! Há cabanas por toda parte e eles te dão cama e comida, então aproveite! Custa cerca de 80 a 90 francos por noite, incluindo jantar e café da manhã, e os locais são impressionantes. Basta olhar para a imagem acima!

 

Quanto custam as atrações turísticas na Suíça?

As atrações mais caras da Suíça geralmente envolvem montanhas e atividades de aventura. Ir para a Jungfraujoch, por exemplo, algo que na minha opinião você não deve deixar de fora do roteiro, pode custar cerca de 190 francos suíços. Lembre-se de que o Swiss Travel Pass oferece um belo desconto, reduzindo o preço para 133 francos.

Outra viagem que eu recomendaria em Lucerna é a Pilatus Golden Round Trip. Um passeio de barco deslumbrante e um trem íngreme até o topo de Pilatus. O retorno via gôndola encerra o passeio com chave de ouro. O passeio custa aproximadamente 103 francos suíços.

Outros passeios simples de gôndola como o First in Grindelwald (vale a pena pela vista da Eiger) podem custar 60 francos suíços. E algo como uma viagem até o Kleine Matterhorn em Zermatt, a 3883m de altitude, custará cerca de 80 francos suíços. Considerando que um rápido passeio até o magnífico Schwarzsee custará apenas 32 francos suíços. Você pode encontrar outras ótimas idéias aqui.

O custo para viajar na Suíça pode ser maior se você planejar sua viagem durante a alta temporada.
Click majestoso da selva urbana.

Tenha em mente que existem muitas atividades gratuitas na Suíça, muitas das quais são tão impressionantes quanto as anteriores. Você pode caminhar em quase qualquer lugar do país e das montanhas, de graça. Incluindo até muitas das vistas pelas quais você paga caro para acessar por gôndola. É claro que caminhar em certas altitudes exige condicionando físico, portanto não é para todos. Mas você optar por fazer os passeios em partes, pegar a gôndola para subir e descer caminhando, e assim vc economizar a passagem de volta. Isso reduz o custo pela metade, tornando as despesas de viagem na Suíça menos assustadoras.

Nadar nos lagos de todo o país também é gratuito. E depois há os centros históricos das cidades. Você pode passar dias explorando, sem sequer pisar em um museu, deixando seus gastos na Suíça para transporte, acomodação e comida.

 

Quanto se gasta na Suíça com vida noturna?

Se você quiser curtir um pouco da vida noturna enquanto estiver na Suíça, a melhor opção é ir aos bares locais. Lembre-se de que os suíços não são os mais abertos a estrangeiros. Dito isto, um pouco de álcool ajuda a socializar.

Na Suíça a cerveja pode custar quase o mesmo que uma Coca-cola ou água, então essa é geralmente a melhor bebida para quem quer economizar na noite Suíça. As cervejas locais costumam sair entre 5-8 francos suíços, especialmente as de torneiras tipo chop. Outra opção é comprar cervejas geladas na loja local e beber à beira do lago ou rio. Os suíços são muito soltos e abertos sobre o álcool, então não há leis contra isso.

Se você, como eu, prefere coquetéis, ficará um pouco chocado. Eles podem custar de 10 a 20 francos nos bares mais elegantes. E o vinho é igualmente caro, em geral, custa entre 7 a 12 francos por taça. Se você quiser manter seu custo de viagem na Suíça sob controle, talvez reserve vinho e coquetéis para sua próxima viagem à Espanha ou Itália.

As baladas lembram as de Londres, os preços da entrada são em torno de 20 francos, os clubes abrem a partir das 22:00 e vão noite adentro.

 

Considerações sobre quanto custa viajar para a Suíça

A Suíça é cara? Sim, é um dos destinos mais caros, mas também é um dos lugares mais lindos da Europa. A boa notícia é que existem várias formas de economizar ao viajar pra lá. Do uso do BlaBlaCar para se deslocar entre as cidades, à hospedar-se um pouco mais longe ou em cabanas nas montanhas, em vez de ficar nos principais locais turísticos… Para economizar na Suíça é preciso ser criativo e flexível.

Planejamento também é o ponto chave; lembre-se de reservar sua acomodação e comprar seu Swiss Pass com antecedência. Pesquise sobre os lugares que você deseja visitar e encontre atrações gratuitas na Suíça. Os custos para viajar por aqui podem variar muito se você conseguir economizar em atrações e entrada, encontrar uma boa oferta no Airbnb e cozinhar por conta própria.

Outra maneira de reduzir seus gastos na Suíça é planejar suas férias em época de baixa temporada. O custo de uma viagem à Suíça durante o verão ou o outono é muito diferente do inverno que é a alta temporada no país. Um bom exemplo é a viagem que a Nat e o Rob fizeram à Arosa no verão (leia todas as dicas aqui), um ótimo destino que fica menos cheio e mais barato quando as temperaturas estão mais altas.

No fim das contas, não esqueça que essa são as suas férias e você precisa e merece se divertir. Portanto, gaste dinheiro com as coisas que mais importam para você!

 

Curtiu o post sobre quanto custa viajar para a Suíça?

Então salve no Pinterest para depois!

Guia completo sobre quanto custa viajar na Suíça. Listamos os preços de acomodações na Suíça, transporte, atividades e vida noturna. Além de dicas para economizar e como planejar sua viagem dos sonhos, mesmo que seja com um orçamento apertado. #suiça #suiçahotel #suiçaviagem #dicasdeviagem #orçamentodeviagem


Autora: Anna Timbrook

Anna nasceu para viajar pelo mundo e estudar idiomas pela vida toda. Embora tenha viajado o globo, agora ela chama a Suíça de casa e passa seu tempo escrevendo sobre suas experiências em seu blog de viagens. Siga suas aventuras no Twitter e Pinterest.

Deixe um comentário