Rio Douro e Vinho do Porto em Portugal

Some of our links are affiliated, we will earn a commission when you buy a service or product. This will have no extra cost for you. For further info please refer to our Privacy Policy

1 douro river birds

O norte de Portugal é famoso pelo vinho e pelo rio Douro. Belezas que merecem ao menos dois dias da sua viagem.

Esteja preparado para apreciar uma paísagem linda e provar os melhores vinhos do Porto. De barco ou de trem você pode desbravar o vale do Douro, lugar onde uvas especiais são cultivadas para dar nome e sabor à um vinho forte e encorpado. Se você for ao norte de Portugal precisa conhecer essa região e descobrir a história do Vinho do Porto e o Rio Douro.

Você não precisa ser um expert em vinhos e nem fã de vinho do Porto para aproveitar essa viagem. Acredite, o vinho pode ser um coadjuvante nessa história toda. Belezas naturais, diversão e drinks = Todo mundo Feliz 😉2 Tawny barrels A maioria dos turistas, inclusive a gente, vai visitar primeiro as cavas de vinho em Vila Nova de Gaia (cidade ao lado de Porto) e depois vai conhecer o vale do Douro. Eu recomendo você fazer o contrário, primeiro o passeio pelo vale do Douro e depois as cavas (lugar onde eles mantem o vinho envelhecendo). Nessa ordem faz mais sentido e você vai entender melhor o que os guias das cavas vão te explicar.3 Nat in quevedo winery

Para conhecer o Vale do Douro as melhores opções são: de barco ou de trem. Com o barco você consegue ir até metade do leito do rio (até a cidade de Peso da Régua) e é muito mais caro que o trem.  Tudo bem que inclui um café da tarde, mas mesmo assim eu não acho que vale a pena.

Nós optamos ir de trem e não me arrependo nem um pouco. Foi uma das viagens de trem mais bonitas que já fiz. São cerca de 200km e a maior parte do tempo o trem passa do ladinho do rio. No caminho são 26 tuneis e 30 pontes.

As montanhas, plantações de uva imensas, pequenas vilas, o rio… Sem palavras para descrever tamanha beleza! É encantador!!4 douro messias 4a douro quintas

O trem sai da estação Camapanhã  quatro vez ao dia. Nos pegamos o primeiro da tarde, às 13:15h. Na mochila sanduiches, frutas e suco, tudo preparado para duas horas e meia de viagem. Destino final: Pocinho!

Não tenha vergonha de levar comida e bebida. O trem para apenas em pequenas vilas, sem restaurantes ou bares na estação. Eu pensei que estávamos bem servidos de lanchinhos, até que eu vi no nosso vagão um grupo de amigos abrindo uma garrafa de espumante e de acompanhamento um prato de queijos e frutas. Isso sim que eu chamo de um verdadeiro piquenique no trem e com estilo! 😉5 rob eating train Nós ficamos na estação de Pocinho por quase uma hora esperando o trem voltar para Porto. Não tem nada lá, apenas algumas casas, a estação e uma lanchonete vazia. Mas é uma gracinha!6 pocinho

Na viagem de volta um pôr do sol de tirar o fôlego.

Durante a viagem você consegue ver que toda a plantação das uvas é feita nas encostas dos morros, uma maneira única de cultivar a fruta. É por causa do solo e do jeito que as uvas são plantadas e colhidas que o vinho do Porto tem esse sabor tão distinto.

Apenas uvas cultivadas no vale do Douro podem produzir vinho do Porto. No ano de 1750 o governo português estabeleceu por lei a primeira origem demarcada de vinhos da Europa. Viu, eu aprendi alguma coisa nesse tour!!!7 bottles in quevedo

Agora que você já conhece um pouco sobre o vale Douro e das uvas é hora de beber e relaxar. 🙂 (A parte favorita do Rob!)

Lembra que no último post nós falamos para você comprar o ingresso para o passeio de barco (passeio das 6 pontes de foz do Douro) no lado da cidade de Gaia? Agora você pode usar os tickets combinados para visitar algumas das cavas de Vinho do Porto.

Se você não seguiu nossa dica não tem problema! Você ainda pode comprar a entrada com os vendedores que ficam às margens do rio, ou ir até uma das cavas e pagar a entrada na hora. Vai ser um pouco mais caro, mas o que você pode fazer?? Na próxima vez leia nosso blog antes de fazer sua viagem!8 quevedo A primeira cava que visitamos foi Porto Quevedo, lá você encontra uma pequena exposição sobre a empresa e os vinhos produzidos. Já no segundo andar tem uma bar muito legal, lá dá para relaxar provar diferentes tipos de vinho e até ouvir Fado. Na maioria das vezes o ingresso dá direito a uma taça de vinho de graça, a segunda ou a terceira rodada fica por sua conta. 😉9 nat tasting wine

O Ministério da Saúde adverte: Não beba demais na primeira cava, ainda tem muita degustação de vinhos pelo frente. Estamos apenas começando!! Você pode visitar quantas cavas quiser (ou puder gastar). Nós visitamos apenas duas.

Nossa segunda escolha foi a Offley, lá fizemos um tour guiado e aprendemos um pouco sobre a historia do vinho Porto, os diferentes tipos e cores.

As nominações são: Vintage, Ruby, Tawny, e são separados por idade de envelhecimento sendo: Colheita, Late Bottled Vintage, Crusted, Rosé and White. O sabor doce e forte do vinho vem da forma como ele é produzido. Durante o processo é adicionado Brandy que faz a fermentação da uva parar, mantendo o açucar. É o que dá esse sabor único ao vinho.

Nós amamos beber vinho, mas a verdade é que não somos grande entendedores do assunto. Então se você quer informação correta e profissional dá uma olhada no site Vinhos de Portugal. Lá você encontra dicas sobre todos os vinhos produzidos em Portugal. Vale a pena dar uma olhada, e provar também!
10 glass

No final do tour nós degustamos vários vinhos deliciosos, alguns um pouco forte demais para o meu paladar. Outra dica importante: se você estiver fazendo o tour em um grupo de amigos peça taças com vinhos diferentes, assim vocês podem dividir e provar todos sabores.

Quando terminar a degustação de vinhos não volte direito para o Porto. Dê uma caminhada pela região de Gaia, tem prédios antigos, igrejas, muita coisa interessante. Para encerrar o dia ache um lugar as margens do rio Douro e aprecie o pôr do sol. Vai ser um visual maravilhoso, acredite em mim! (E essa é a hora que você abre a outra garrafa de vinho!)11 sunset in gaya

1 Comment

Post a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *